Rendimento mensal dos investimentos.

O rendimento mensal dos investimentos é uma excelente alternativa para contribuir com a renda mensal do investidor.

A renda mensal (bruta), é todo dinheiro que você recebe por mês.

Como por exemplo, pagamento de salário, previdência privada ou pública, comissões, bônus, juros de aplicações financeiras e etc…

No entanto, existem alguns investimentos que pagam rendimentos periódicos, como na Ulend, em que os pagamentos são em parcelas mensais. 

Porém, primeiramente, é preciso ter o conhecimento de que não existe fórmula mágica para viver apenas de rendimentos financeiros.

Então, é interessante obter um controle sobre os rendimentos mensais.

Por isso, existem alguns exemplos de monitoramento de remuneração mensal, como:

Separar os tipos de recebimentos mensais, fazer análise de cada relatório de recebimento, alternar as datas de vencimento de cada mensalidade e tomar cuidado com o não pagamento da mensalidade e cair em inadimplência.

A partir disso o investidor pode escolher investimentos que dispõe de recebimentos mensais que mais lhe agradam.

Na Ulend os pagamentos são mensais e existem três modalidades de investimento.

O modelo price, uma forma de pagamento em parcelas fixas com juros distribuídos entre as parcelas em uma espécie de média ponderada com as amortizações.

As parcelas são compostas por parte do valor investido e parte em juros pagos pela empresa.

Com isso, cada parcela recebida retira um valor da aplicação inicial que foi feita.

Já o segundo modelo é semelhante ao price, porém há uma variação no juros a ser recebido por ter um acordo com a variação do CDI.

O outro modelo é o bullet, em que os juros são pagos somente até a última parcela sem amortizações.

Na última parcela o investidor resgata todo o valor investido que também é acrescido na última parcela de juros.

Contudo, todos os investimentos na Ulend oferecem garantias reais aos investidores! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.