Qual o risco de investir em P2P Lending?

Muitos investidores ficam na dúvida de qual o risco de investir em P2P Lending…

Uma modalidade de investimento que conecta investidores com empresas. 

Todavia, como em qualquer outro tipo de investimento, no P2P não é diferente, e também traz o seu respectivo risco.

Qual o principal risco do investimento?

Neste modelo de investimento o maior risco é o de crédito, a inadimplência por parte da empresa tomadora de crédito.

Ou seja, caso a empresa não honre com o pagamento de todas parcelas.

Contudo, no Brasil a taxa de inadimplência das empresas se mostra decrescendo.

Vale ressaltar que a Ulend tem uma análise de crédito bem rigorosa e selecionada.

Como consequência a fintech apresenta uma das menores taxas de inadimplência do mercado… Resultando em 5,2%!

Entretanto, existem ratings das empresas que tem como objetivo orientar o investidor sobre o risco de inadimplência. 

Os ratings são notas de risco obtidas pela análise de crédito, e vão de AA (mais seguro) até E3 (mais arriscado).

Como reduzir o risco do investimento?

O investimento possui o risco de crédito, contudo existem opções para amenizar este risco para o investidor!

Primeiramente, o investidor deve escolher uma plataforma que faça uma análise adequada das empresas, e selecione apenas aquelas que estejam em boas condições e tenham capacidade de arcar com as suas despesas operacionais. 

Além disso, se atentar se a plataforma oferece garantias reais de pagamento em caso de inadimplência.

Como é o caso da Ulend, que oferece garantias como: imóveis, duplicatas, aval dos sócios e aplicações financeiras. 

Ademais, é muito importante que o investidor diversifique os seus investimentos, ou seja, não aposte todas as fichas em apenas uma empresa.

Neste caso, a pulverização da carteira faz com que o investidor tenha uma quantidade maior de diferentes empresas.

Como diz o ditado: “” Não coloque todos os seus ovos em uma única cesta”.

Onde investir no modelo P2P?

A Ulend é considerada uma das principais fintechs de P2P lending do Brasil, oferecendo as melhores condições e garantias para os investidores. 

Uma vez que a fintech aprova empresas apenas com CNPJ ativo por três anos, faturamento anual superior a R$ 1,5 milhões e não ter nenhum restritivo no CNPJ.

A rentabilidade para o investidor na Ulend gira em torno de 22% a.a. Além de apresentar inadimplência de apenas 5,2%.

Para começar a investir basta se cadastrar na plataforma e seguir os passos para iniciar o investimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.