Importância do e-commerce

O e-commerce (comércio eletrônico) é de suma importância para as empresas, uma vez que refere-se às vendas realizadas na internet.

Ainda mais com o mundo pós pandêmico, o ambiente virtual cresceu exponencialmente, e se mostra mais importante a cada dia.

Contudo, é necessário que as empresas fiquem por dentro desta migração das relações de compra e venda para sites no meio digital.

O que é o e-commerce?

O e-commerce também conhecido como comércio eletrônico, refere-se aos negócios que estruturam o processo de compra e venda na internet.

Neste caso, as transações comerciais são realizadas por meio de ferramentas online, como o próprio site da empresa ou outras plataformas.

Vale ressaltar que o comércio eletrônico não vale apenas pela criação do site.

Mas sim como um empreendimento que se diferencia pela sua estrutura de funcionamento.

Com isso, este processo digitaliza o processo de venda e também o atendimento ao cliente.

Além de todo o trabalho de automação como marketing, controle de finanças e estoque.

Então, facilitando e agilizando o trabalho de gestão em várias vertentes.

Importância do e-commerce para empresas

Como já mencionado anteriormente, atualmente o e-commerce se tornou crucial para as empresas.

Uma vez que a adoção do hábito de comprar online se tornou uma realidade na vida dos consumidores.

Já que, como efeito da pandemia, eles se viram na necessidade de consumir sem poder sair de casa.

A partir disso as compras online tiveram o seu “boom”.

Abrangência do público

O e-commerce traz uma maior abrangência do público, pois rompe com as limitações geográficas.  

Então, ele permite que os produtos e serviços sejam comercializados em qualquer região que a empresa deseja atuar.

Vale adicionar que o ideal seria integrar as lojas online e física, pois muitos tendem a confiar mais em empresas que possuem pelo menos uma loja física.

Até pelo fato de oferecer uma segunda opção de compra caso a pessoa se sinta mais confortável consumindo fisicamente.

Contudo, a empresa pode realizar a integração da seguinte maneira:

  • Oferecendo a possibilidade de retirada de produtos comprados online
  • Manter os preços e promoções iguais em ambas lojas
  • Permitir troca e devolução na loja física

Facilidade em divulgar o negócio

A empresa tem uma maior facilidade em divulgar o seu negócio, anunciando os seus produtos e serviços.

Além disso, a empresa não precisa se especializar em uma única possibilidade de venda.

Porque ela não vai ter mais a limitação de espaço da loja física, então ela pode mesclar diferentes produtos e serviços.

Todavia, na internet há espaço para todas as empresas e negócios, independente do seu segmento e tamanho.

Maior praticidade

Além de tudo, o e-commerce garante maior praticidade aos clientes.

Pois a compra pode acontecer em qualquer dia e horário, independente de trânsito e horário comercial.

No entanto, para a empresa conseguir entregar toda essa praticidade de forma segura e ágil ela precisa investir nisto.

Por isso a Ulend oferece linhas de crédito para a empresa investir em seu e-commerce e conseguir entregar a melhor experiência para o seu cliente.

Mais informações sobre os produtos

Através do comércio eletrônico, o cliente consegue navegar por mais informações sobre o produto ou serviço.

Por isso, é importante fornecer descrições detalhadas para que o consumidor consiga entender de forma clara e objetiva.

Com a integração da tecnologia, a empresa consegue incluir fotos e vídeos, e até gamificação.

Neste caso, tornando o anúncio mais interativo e completo.

Benefícios do e-commerce para as empresas

Resumindo, alguns dos principais benefícios do e-commerce para as empresas são:

  • Facilidade em transmitir informações sobre produtos e serviços 
  • Canal de vendas personalizado e dinâmico 
  • Eliminação de barreiras como tempo e distância (trânsito)
  • Automatização do sistema de vendas 
  • Facilidade de acesso às informações dos produtos 
  • Funcionamento de 24h
  • Mensuração de diversos indicadores 
  • Redução do custo operacional

Como criar um e-commerce para a sua empresa?

Agora que o empreendedor entendeu a importância do e-commerce para a sua empresa, ele precisa entender como criar um.

Contudo, a sua implementação não é nada complicada.

Primeiramente, a empresa precisa ter o seu público-alvo definido e um conhecimento aprofundado do mercado de atuação.

Além disso, é interessante  já ter uma estimativa do investimento para o e-commerce.

Com isso, levando em conta os seguintes gastos iniciais:

  • Estoque
  • Formalização como pessoa jurídica
  • Logística para recebimento, armazenamento e envio dos produtos
  • Certificado digital referente a plataforma e sistema de pagamento
  • Caso queira atuar em marketplace: valores de comissão
  • Estrutura para atendimento ao cliente

A partir disso a empresa pode começar a colocar a mão na massa para atuar no e-commerce.

Como por exemplo: criar o próprio site ou escolher o marketplace de atuação, definir o servidor, planejar o sistema de segurança, fazer a gestão de estoque e logística de entrega e organizar o atendimento ao cliente.

Linhas de crédito para implementação do e-commerce

Muitas empresas se veem sem caixa para realizar a implementação do e-commerce.

Pois para conseguir implementar todo esse processo é necessário ter um capital de giro eficiente e um fluxo de caixa sólido. 

Mas a Ulend veio para mudar este cenário e fornecer a solicitação de linhas de crédito para as empresas que desejam implementar o e-commerce.

Com taxas a partir de 0,99% a.m. e dinheiro disponível em até sete dias úteis.

Não perca tempo e implemente o e-commerce em sua empresa!