Risco X Retorno: qual é a relação entre eles?

Risco X Retorno: qual é a relação entre eles?

Risco X Retorno

A relação básica (risco x retorno) de qualquer investimento é: quanto menor o risco, menor o retorno, e vice-versa.  Isso existe em qualquer âmbito do mercado financeiro. A decisão entre as duas opções na hora de investir reflete uma questão: você pode aguentar um cenário ruim? Não receber o esperado? Perder o que se propôs a investir? 

Se a resposta para essas questões for sim, então você pode ser um investidor com perfil arrojado ou agressivo, que irá arriscar mais para ganhar mais. Se a resposta for não, então você pode ter um perfil considerado conservador, que não está disposto a perder dinheiro e prefere garantir seus retornos. 

Vale lembrar que nenhuma das duas respostas estão certas ou erradas. Elas querem dizer apenas sobre o seu perfil como investidor.

Quais riscos levar em consideração?

Existem vários tipos de risco que você precisa ter conhecimento antes de investir: o risco de mercado, risco de crédito, risco de não liquidez e, inclusive, o risco de não se conhecer os riscos:

1. Risco de Mercado:

Principalmente no mercado de ações, mas o risco de mercado sempre estará presente. São as variações do mercado, como oscilação do câmbio, inflação e de taxas de juros.

2. Risco de Crédito:

Ao emprestar dinheiro, sempre há o risco de não o receber de volta.

3. Risco de Liquidez:

É o risco de não conseguir converter o ativo em dinheiro na conta no momento em que decide tê-lo. 

Já falamos disso outras vezes aqui no blog, mas a melhor de todas as garantias sempre será a diversificação. Ela é como uma proteção da sua carteira: se por um lado você perder um investimento feito em um setor, por outro será compensado com investimentos em um setor diferente que teve bons resultados.

Ainda tem dúvidas sobre a relação de Risco x Retorno? Então comente aqui embaixo ou entre em contato conosco!

Laís Pizzingrilli

Deixe uma resposta

Facebook
LinkedIn
Instagram