Medo de investir: estratégias para perder o medo

Medo de investir: estratégias para perder o medo

Medo de investir

Quando o assunto é dinheiro não é apenas a nossa razão que entra em cena. A emoção também pode fazer parte de escolhas financeiras da nossa vida e o medo do investimento é uma prova disso. Nada contra o medo… é um mecanismo de sobrevivência muito útil. Porém, não pode ser um impedimento quando o tema é investir. Então, como perder o medo de investir?

Para quebrar esse tipo de padrão de pensamento é preciso lançar mão de estratégias não apenas no campo da razão, como também da emoção. Assim, aos poucos temos a mente desenvolvida para lidar com o investimento sem termos medo de perder dinheiro.

Saiba mais sobre essas estratégias para perder o medo de investir e se torne um investidor de vez!

Como perder o medo de investir?

Normalmente o medo está ligado ao sentimento de perder dinheiro. Isso acontece por conta da ideia de investimento que muitos têm, ligando diretamente à compra e venda de ações. Entretanto, há todo um universo de investimentos, com tipos diferentes e cada um é compatível com um perfil de investidor.

Além disso, primeiro você precisa ter o controle do seu dinheiro, saber exatamente quanto entra e quanto sai todos os meses. A organização e o planejamento são fundamentais para aqueles que desejam se tornar investidores.

Então, o primeiro passo para perder o medo é estudar, obter segurança das suas atitudes. Esse ato serve para sempre, devemos continuar no campo dos estudos, principalmente se queremos trilhar caminhos mais ousados no futuro. Então primeiro encontre o investimento que tenha a ver com o seu perfil, sendo de renda fixa ou variável.

É possível encontrar uma gama de material em livros e até na internet sobre investimentos. Hoje as pessoas têm compartilhado muitas informações relevantes, precisamos apenas ter maturidade para filtrar os conteúdos.

Como buscar alternativas mais ousadas?

Agora, suponhamos que a renda fixa já se transformou em algo banal e você deseja investimentos mais arriscados. Não há problema quanto a isso, porém, evite adotar uma postura de “sabichão”, pois nunca temos conhecimento o suficiente, então seja cauteloso.

Uma opção é fazer um pequeno investimento em renda fixa a fim de garantir uma reserva de emergência e separar outra quantia para investimentos mais arriscados. Assim, com estudo e estando protegido de prejuízos, é mais fácil lidar com possíveis perdas das rendas variáveis.

Agora ficou mais fácil entender o porquê do medo de investir e também como podemos lutar contra isso. Parte dessa sensação está ligada a aspectos culturais e falta de conhecimento no assunto. Ter o controle do próprio dinheiro, aliado ao conhecimento, são fundamentais para ser um investidor de sucesso.

Saiba que esse sentimento é muito comum, porém, não utilize como uma desculpa para não fazer investimentos. Afinal, como pudemos ver neste post, o medo pode ser impedimento, mas podemos lutar contra ele utilizando as estratégias certas.

Por isso, não deixe de buscar conhecimento no assunto, ter o controle do seu próprio dinheiro e manter sua reserva de emergência.

Quer se tornar um investidor? Cadastre-se em nosso site e saiba mais!

Caso tenha alguma dúvida, é só comentar aqui embaixo!

Laís Pizzingrilli

Deixe uma resposta

Facebook
LinkedIn
Instagram