6 erros mais comuns entre os investidores no mercado financeiro. Você comete um deles?

6 erros mais comuns entre os investidores no mercado financeiro. Você comete um deles?

Erros entre investidores

O mercado financeiro é repleto de nuances. Buscar cada vez mais conhecimento sobre elas pode salvar seus investimentos e futuras decisões sobre o assunto. Entretanto, é comum que o investidor se empolgue para prosseguir evoluindo e cometa alguns erros clássicos – que poderiam ser evitados a partir de pesquisas bem feitas.

Confira agora quais são os 6 principais erros entre os investidores do mercado financeiro:

1. Não traçar seu próprio perfil de investidor:

Não saber qual é seu próprio perfil pode gerar incertezas e investimentos confusos, ou seja, o investidor não saberá seu foco e objetivo ao decidir suas aplicações. Por isso, compreender exatamente o perfil de investidor é a primeira tarefa do interessado.

É importante que o investidor saiba qual é seu comportamento diante riscos, frustrações e perdas. Além disso, a ajuda de um gerente é sempre bem-vinda, pois ele detém informações fundamentais sobre o perfil do cliente.

2. Investimentos não são apostas:

Investimentos são decisões que podem trazer benefícios ou prejuízos a longo prazo, isto é, nada tem a ver com a descrição de aposta. A aposta, além de tudo, conta com uma espécie de “sorte” e geralmente não envolve pesquisas probabilística e financeira.

Estudar todos os perigos e vantagens que um investimento oferece é muito diferente de simplesmente apostar que a decisão trará lucros futuros.

3. Estudar pouco sobre o assunto:

Dificilmente algo na vida dará certo sem o mínimo de dedicação. Estudar sobre investimentos é o que garante passos mais seguros em direção ao sucesso e a estabilidade. É válido, também, estudar sobre o que outros investidores estão fazendo e quanto de retorno eles estão obtendo com determinadas decisões.

4. Não diversificar suas aplicações:

Aplicar todo o dinheiro em uma aplicação não é somente uma ação equivocada, mas também irresponsável: a oscilação do mercado financeiro é constante, podendo ser imprevisível, e arriscar investindo todo o dinheiro sem diversificar pode arruinar seus lucros.

Todo investidor possui como ordem a diversificação de aplicações, pois um portfólio amplo é capaz de ser sua proteção em momentos de incertezas e prejuízos.

5. Priorizar o curto prazo:

Seria fascinante se apenas com alguns investimentos e poucos meses todos pudessem lucrar exponencialmente. Entretanto, a realidade do mercado financeiro é bem diferente e o investidor deve estar preparado para planejar a longo prazo. Como qualquer procedimento satisfatório, um investimento vantajoso leva tempo e exige paciência de quem investe.

6. Muita confiança e pouca disciplina:

Dois fatores perigosíssimos para quem investe: ser muito confiante sobre suas decisões e ser pouco disciplinado para arcar com elas. O mercado financeiro deve ser constantemente avaliado e passar por análises minuciosas que pavimentam o caminho do investidor. Por isso, perseverar e estar atento às suas capacidades reais é imprescindível para o sucesso dos investimentos.

Comece a investir

Se você leu até aqui e percebeu que necessita revisar todos os tópicos, saiba que está começando da melhor forma para investir com segurança. Cadastre-se no site para saber mais sobre nossos empréstimos com taxas menores para empresas e investimentos mais rentáveis para investidores.

Ainda tem dúvidas sobre os erros entre os investidores? Comente aqui embaixo!

Laís Pizzingrilli

Deixe uma resposta

Facebook
LinkedIn
Instagram