Entenda o endividamento da sua empresa

Entenda o endividamento da sua empresa

Endividamento empresa

A crise econômica bateu à porta da sua empresa? Em épocas difíceis, é preciso ter cuidado para que o endividamento da sua empresa não cresça e se torne um problema ainda maior. O ideal é organizar as contas, entender o que está acontecendo e trabalhar para mudar o cenário atual.

Mesmo com a crise, algumas coisas podem ser feitas para corrigir o endividamento da sua empresa e tomar um fôlego. O importante é agir logo e evitar que a situação fique ainda pior.

Está preparado para fazer as mudanças necessárias? Então entenda o endividamento da sua empresa e veja o que fazer!

De onde vem o endividamento da sua empresa?

Primeiramente, você precisa saber quanto deve, para quem deve e por que o seu planejamento financeiro não deu certo. Organize tudo.

Veja todas as contas que estão em aberto, sejam dívidas que você tem com parceiros ou até mesmo com bancos. Anote valores, tempo de atraso e juros de todas elas.

Aproveite essa análise para fazer uma estimativa do valor que entra, mensalmente, em sua empresa e do quanto você gasta para mantê-la viva. No valor, coloque a média de vendas e tudo o que entrar em dinheiro. Nos gastos, não se esqueça de olhar a folha de pagamento e itens como:

  • Luz;
  • Água;
  • Internet;
  • Telefone, entre outros.

Anote tudo, pois será necessário para ter uma visão real das condições financeiras da sua empresa.

Descubra o que está causando o endividamento da sua empresa

Agora que você já tem um panorama geral, veja o que está sendo responsável pelo endividamento da sua empresa. Responda a perguntas como:

  • O preço de venda está cobrindo o custo de produção e dando lucro?
  • Está gastando muito com hora extra de funcionários?
  • Está perdendo material no estoque?
  • Há muitos clientes devendo para a sua empresa?
  • O produto pronto para a venda não está sendo vendido?
  • Há muitos itens parados no estoque?

Um ou mais desses motivos podem ser os responsáveis pelo endividamento da sua empresa. Por isso, descubra o que é para poder agir.

Cuide das dívidas

Você já tem uma visão geral do problema: já sabe quanto deve, para quem deve e o que está causando o endividamento da sua empresa, então é hora de agir. Do dinheiro que entra mensalmente, quanto você consegue destinar para o pagamento das dívidas?

Sabendo isso, entre em contato com os parceiros. Negocie parcelamentos e prazos para pagar o que deve. Sobretudo, não feche um acordo rápido.

Primeiro ligue para todos, explique que está com problemas e precisará de prazo. Posteriormente, avalie as melhores alternativas que cada empresa deu. Por fim, veja o que cabe em seu planejamento financeiro e entre em contato novamente.

A dica é priorizar o pagamento das contas com juros maiores. Caso seja possível, considere fazer um empréstimo com juros mais baixos. Isso ajudará a organizar as contas, deixá-las em dia e você poderá pagar tudo em pequenas prestações posteriormente.

Corrija o problema

Você já sabe o motivo do endividamento da sua empresa, correto? Então é hora de corrigir o problema. Entre as ações, você pode:

  • Cobrar clientes inadimplentes para aumentar a entrada de dinheiro e equilibrar as contas.
  • Remanejar funcionários e evitar o pagamento de horas extras.
  • Fazer uma promoção com o que está estocado e não tem saída.
  • Diminuir o volume do estoque, minimizar o dinheiro parado nele, entre outros.

Está precisando de ajuda ou de um empréstimo? Nós podemos ajudá-lo, é só entrar em contato.

Laís Pizzingrilli

Deixe uma resposta

Facebook
LinkedIn
Instagram